Lutas na França contra a reforma das aposentadorias: Uma experiência significativa pelo futuro da luta de classe internacional

Versão para impressãoEnviar por email

Publicamos a seguir documentos relativos a essa luta massiva dos trabalhadores na França contra os planos de austeridade que a burguesia quer nos impor. O que a caracterizou foi a determinação crescente por parte do proletariado em não aceitar essa lógica do capital em crise, o que se expressou notadamente através do caráter massivo das manifestações de rua, e uma maior abertura à propaganda dos revolucionários. Mais uma vez, as manobras sindicais acabaram por derrotar a luta, mas é só uma batalha que foi perdida e não a guerra de classes. Muitas lições devem ser tiradas para que possamos ficar mais fortes na próxima vez.

O artigo Marchar atrás dos sindicatos é, simplesmente, caminhar para a derrota expõe a dinâmica do movimento, em ligação e comparação com outros movimentos de importância que o antecederam e explicita como os sindicatos, em cumplicidade com o governo, aturam para fazer com que a luta se esgote.