Terrorismo

Debate sobre a violencia

A propósito do artigo publicado na nossa página em francês "Sabotagem das linhas de trem: Atos estéreis instrumentalizados pela burguesia contra a classe operária"

Atentados em Londres: 'Dirigentes do mundo', 'terroristas internacionais': todos são responsáveis pelo massacre dos operários

Quem são as primeiras vítimas dos atentados terroristas no centro de Londres, em 7 de julho de 2005 ?

Como em Nova York, em 2001, e Madri, em 2004, as bombas visavam deliberadamente os operários, as pessoas que superlotam os metrôs e ônibus para ir trabalhar. Al Qaida, que reivindicou a responsabilidade do morticínio, disse que queria vingar “os massacres cometidos no Iraque pelo exército britânico”. Mas a carnificina sem fim que sofre a população iraquiana não é culpa dos trabalhadores da Inglaterra. Os responsáveis são as classes dominantes britânica e estadunidense – sem falar dos terroristas da autodenominada ‘Resistência’, cotidianamente implicados no massacre de operários e de civis inocentes em Bagdá e outras cidades. Nesse ínterim, os arquitetos da guerra no Iraque, Bush e Blair, continuam sãos e salvos. Ou pior, as atrocidades cometidas pelos terroristas lhes fornecem o pretexto Ideal para novas aventuras militares, como fizeram no Afeganistão e no Iraque, depois do 11 de setembro.

Divulgar conteúdo