Debate sobre as raízes da crise e da situação histórica atual

Versão de impressãoSend by email

Existe um acordo profundo entre a Corrente Comunista Internacional (CCI) e a Oposição Operária (OPOP) [1] quanto à existência de uma crise irreversível que abre a perspectiva de um desenvolvimento dos combates de classes em escala mundial e coloca a alternativa Socialismo ou barbárie. Entretanto existe também uma série de questões, relativas a essa crise e essa perspectiva, que merecem ser discutidas e esclarecidas: Qual é o significado de Outubro de 17 no que se refere precisamente à perspectiva revolucionaria atual? Será que a destruição revolucionária do capitalismo pelo proletariado já estava naquela época na ordem do dia da história? Será que realmente a contradição central que se manifesta hoje na crise do capitalismo é a queda da taxa de lucro, a superprodução sendo somente uma conseqüência desta? Será que tal analise corresponde realmente ao que salienta na obra de Marx?E com esta finalidade de esclarecimento através do debate que publicamos nossas objeções (a certos aspetos da visão desenvolvida por OPOP, apoiadas por numerosos elementos relativos ao período que antecedeu a Primeira Guerra Mundial e àquela que lhe sucedeu, muitas vezes desconhecidos, para evidenciar a ruptura que este evento constituiu em todos os aspetos da vida social. É obvio que a participação, além da OPOP e da CCI é desejada, notadamente sob a forma de contribuições escritas que publicaremos.


[1] Revista Germinal. http\\opopssa.info